CACARIA | Piraí

| Sem comentário
A antiga freguesia de São José do Bom Jardim, foi criada pela Lei Provincial nº 519, de 4 de maio de 1850, (até então era Curato pertencente à São João Marcos).


No seu território se localizava a Feitoria do Bom Jardim pertencente à Família Imperial. A Feitoria pertencia a Fazenda Real de Santa CRuz. O nome "Cacaria" vem da grande quantidade de cerâmica indígena encontrada aos cacos na região no século XIX.

A pequena freguesia se desenvolveu como uma população que envolvia brancos, negros e alguns índios. Teve seu auge como muitas outras no período quando recebia viajantes e mercadorias vindas de São João Marcos, Passa Três, Rio Claro e Piraí, qe iam em direção à Corte do Rio de Janeiro e Baixada Fluminense. Algumas famílias são responsáveis por esse período de progresso, sendo que entre elas, estão muitos fundadores do local.



Vejamos essas famílias:

Gomes da SilvaO patriarca era Luiz Gomes da Silva, vindo do arquipélago dos Açores, dizia ter parentesco com o "Chalaça", alcoviteiro de D. Pedro I;

Ramalho: Patriarca Manoel Nogueira Ramalho;
Freitas Braga: Patriarca Luiz José de Freitas Braga;
Cruz e Castro: Patriarca Alferes Miguel de Macedo Cruz e Castro,eram moradores no Arrozal de São Sebastião (Arrozalzinho);

Ramos: Patriarca José Francisco Ramos;
Torrentes: Patriarca José Fernandes Torrentes;
Magano: Patriarca Pedro Alexandrino dos Santos Magno;
Silveira: Patriarca Manoel Ignácio da Silveira (daí vem os ex-governadores do Rio Roberto Silveira e Badger da Silveira); 
Dantas: Patriarca Alferes João Maria Dantas (daí vem o grnade escritor Luiz Ascendino Dantas, batizado em Cacaria em 1880);
Müller: Patriarcas André Müller e Augusto Müller (daí vem a família Müller que se ramificou por Rio Claro, Passa Três, Piraí, etc...);
Couto Reis: Patriarcas Comendadores Jacinto Flávio do Couto Reis e Manoel Martins do Couto Reis;
Murat: Patriarca Dr. Thomas Norton Murat (daí vem o escritor Luiz Murat);
Nery: Patriarca Francelino Antonio Nery;
Thompson: Patriarca João Carlos Thompson (daí vem a professora Margarida Thompson Leite, que dá nome ao CIEP do Bairro Casa Amarela);
Barcelos: família do Barão de Ivahy, teve vários de seus escravos batizados e sepultados em Cacaria;
Valverde: Patriarca João ignácio Valverde;
Mattoso: Patriarca Francisco da Silveira Mattoso, natural da freguesia de Santa Bárbara - Ilha do Falal (daí vem o nome Serra do Mattoso);
Ávidos: Patriarca Florentino de Souza Ávidos (daí vem o nome do ex-governador do Espírito Santo Florentino Ávidos Filho e o ex-vereador do município de Piraí Florentino Ávidos, o "Tininho");
Sá Freire: Patriarca Tenente Felismino Barbosa Sá Freire;
Gouvêa: Patriarca Alexandre Serício de Gouvêa, natural da freguesia do Porto da Cruz, na Ilha da Madeira (daí vem o nome do vereador do município de Itaguaí, Mauro Gouvêa);
Pereira da CRuz: Patriarca Dr. José de Souza Pereira da Cruz, era o médico da freguesia;
Cherem: Patriarca Capitão João José de Sá Cherem (daí vem a família Cherem de Barra do Piraí).
Tavares Cid: Patriarca Manoel Tavares Cid;

Família Cid -  Fonte: arquivo Municipal de Piraí

Em 1890, o distrito da Freguesia de São José do Bom Jardim (Cacaria) passou a pertencer a Piraí, para suprir a grande perda com a emancipação de Barra do Piraí. Em 1908 as freguesias de São José do Bom Jardim e Arrozal de São Sebastião foram completamente assoladas por febre epidêmica, declarada como consequência de uma represa mandada construir em terras da mesma pela Light & Pwer Cia, e os edifícios abandonados pela fuga e morte de seus habitantes, foram desmoronando em modo a ficar na primeira três casas habitáveis e a igreja; e na seunda tudo completamente em ruínas.

O povoado foi reerguido pelos moradores que voltaram depois do flagelo. Mesma sorte não teve o Arrozalzinho que, totalmente destruído, desapareceu para sempre.


Após uma tragédia na Serra das Araras, os locais baixos do povoado foram destruídos por uma tromba d'água, uma chuva muito forte ocorrida em 1967, a qual devastou a Serra das Araras, Cacaria (Piraí) e Ponte Coberta (Paracambi).

Cacaria é um pequeno vilarejo em Piraí. Escondido na Serra, fica a 40km do Centro do município e possu 1300 habitantes. É um bom destino para quem curte esportes off-road.

Foto: Reprodução da internet


Tags :

Nenhum comentário:

Postar um comentário

[2][iconeI][style-1][LEIA TAMBÉM][As mais lidas até o momento]

Total de visualizações de página


Somos movidos pelo interesse de explorar os meios, modos e regras que integram o sistema de mobilidade urbana no Estado do Rio de Janeiro. O avanço tecnológico tem trazido mais dinamismo nas cidades, fazendo com que a população evolua e acompanhe esse avanço.

Buscamos obter informações, matérias, históricos e projetos de mobilidade e transformação urbana, assim como a realização de visitas técnicas em empresas, concessionárias e instituições relacionadas à Mobilidade Urbana do RJ, cuja perspectiva é abordar temas mais diversos e estar inteirado no que há de vir nos serviços de transportes.


Luxor Transportes e Turismo - A Gigante da Baixada Fluminense

A Luxor Transportes e Turismo foi uma empresa polêmica, que ao longo de sua trajetória desencadeou reviravoltas que mexeram estruturalmente ...

NOSSOS PARCEIROS