Petro Ita e Cascatinha - Desafiando a Serra Verde Imperial

| Sem comentário
No início da década de 90, o Grupo Rio Ita adquire as viações Imperial e Serrana. As duas empresas são fundidas dando origem à Petro Ita em 1991.





Ainda na década de 90, a empresa é adquirida pela Master Transportes em 1995, passando a compor o Grupo Master. Sua garagem na Rua Coronel Veiga pertencia a Viação Serrana.


Petro Ita Transporte de Passageiros - Apresentação da empresa em 1991
A empresa é responsável pelo deslocamento do população entre o Centro e a zona sul da cidade, atendendo aos bairros do Quitandinha, Independência, São Sebastião, Siméria, Castelânia, Meio da Serra e Alto da Serra.





Em outubro de 2016, a Petro Ita passou por uma fiscalização da CPTrans - Companhia Petropolitana de Trânsito e Transporte.
A operação se deu após a ocorrência de dois acidentes envolvendo os coletivos da empresa, um no Centro histórico e outro no Meio da Serra.


Entrada da garagem da Transportes Master em São João de Meriti - Foto: Pedro Henrique
De acordo com o Diretor de Manutenção, Sérgio Rocha, a característica topográfica da cidade atrapalha e muito a rotina dos ônibus, garantindo que a empresa atua levantando as suspensões dos veículos que em determinados lugares, fica difícil passar, porque faltam obras estruturais nas vias.




Ponto final da linha 211 na Rua Joaquim Cesário da Costa, no Valparaíso - Foto: Grupo Águias
Ainda segundo a direção da empresa, os problemas mecânicos ocorrem mais em determinados lugares, como Meio da Serra, Vinte e Quatro de Maio e Alto Pedro Ivo. Nesses lugares, a pista sinuosa e os problemas de calçamento pioram as condições dos carros.




Cascatinha Transportes

Fundada em 8 de setembro de 1966, a Cascatinha Transportes é uma das mais antigas empresas da cidade de Petrópolis, na região serrana do estado.






Suas linhas atendem principalmente aos bairros da Carangola, Retiro, Roseiral, Cascatinha, Estrada da Saudade e Jardim Salvador, consideradas como localidades de difícil acesso.




Para atender a essas linhas com trajetos peculiares, a empresa adequa a sua frota com veículos adaptados para facilitar a condução e diminuir os riscos de acidentes e avarias nos seus ônibus, haja vista que boa parte das suas linhas sobem grandes morros e ruas super estreitas.





Já sob a administração da Petro Ita, a Cascatinha recebeu linhas da Viação Petrópolis.
Em 2003 a Petro Ita adquire as linhas de prefixo 500, até então operadas pela Viação Petrópolis. Em 2007 as linhas passam a ser operadas pela Cascatinha.



A Viação Petrópolis passou a ostentar o nome Autobus. Em 2012, após a realização de uma licitação, as viações Esperança, Autobus e Petrópolis foram substituídas pelas empresas Expresso Brasileiro, do Grupo Brasileiro, de Eunápolis, na Bahia, e a Turb – Transporte Urbano S.A., de Ribeirão Preto, em São Paulo.





A Expresso Brasileiro recebeu as linhas que eram de responsabilidade da Viação Esperança. Já a Turb entrou nas linhas que eram da Petrópolis e da Autobus.




Tags :

Nenhum comentário:

Postar um comentário

[2][iconeI][style-1][LEIA TAMBÉM][As mais lidas até o momento]

Somos movidos pelo interesse de explorar os meios, modos e regras que integram o sistema de mobilidade urbana no Estado do Rio de Janeiro. O avanço tecnológico tem trazido mais dinamismo nas cidades, fazendo com que a população evolua e acompanhe esse avanço.

Buscamos obter informações, matérias, históricos e projetos de mobilidade e transformação urbana, assim como a realização de visitas técnicas em empresas, concessionárias e instituições relacionadas à Mobilidade Urbana do RJ, cuja perspectiva é abordar temas mais diversos e estar inteirado no que há de vir nos serviços de transportes.


Rotas Fluminenses: RJ-140 Estrada da Cruz

Com 79,5 quilômetros de extensão, liga a sede do município de Arraial do Cabo ao distrito de Correntezas, no município de Silva Jardim. ...

NOSSOS PARCEIROS