Prefeitura e Câmara municipal de Resende não querem motoristas exercendo dupla função nos ônibus da cidade

| Sem comentário
Além de acabar com a profissão de cobrador, gerando dezenas de desempregados, esse formato que a São Miguel insiste em promover gera congestionamentos e filas de passageiros para embarcar, o que só atrasa a vida de todos.

Foto: Reprodução

Ciente disso, o prefeito Diogo Balieiro Diniz encaminhou projeto de Lei à Câmara Municipal, solicitando que se mantenha, definitivamente e de uma vez por todas, o posto de cobrador no transporte coletivo de Resende.

A boa notícia é que a Câmara aprovou por unanimidade o projeto (nº011/2017) desenvolvido pela Prefeitura, com voto favorável pelos 17 vereadores da Casa.

O documento é abrangente, e contém diversos itens ligados à defesa dos direitos dos usuários dos serviços públicos. A vedação de acúmulo de funções de motoristas é um dos itens de destaque do projeto de Lei, que será sancionado pelo prefeito da cidade.

- Já houve uma tentativa neste sentido, anos atrás, mas o texto da lei era frágil e limitado. A Lei nunca foi posta em prática, deixando a São Miguel atuar livremente, da forma que sempre foi.

O projeto acabou sendo considerado inconstitucional pela Justiça, e os cobradores começaram a perder emprego e os motoristas se desdobrando para fazer o trabalho de dois, comprometendo a principal atividade: conduzir os ônibus em segurança – relembra Diogo Balieiro Diniz ao receber a notícia de que seu projeto passou com louvor pelos integrantes do Legislativo.
Tags : ,

Nenhum comentário:

Postar um comentário

[2][iconeI][style-1][LEIA TAMBÉM][As mais lidas até o momento]

Somos movidos pelo interesse de explorar os meios, modos e regras que integram o sistema de mobilidade urbana no Estado do Rio de Janeiro. O avanço tecnológico tem trazido mais dinamismo nas cidades, fazendo com que a população evolua e acompanhe esse avanço.

Buscamos obter informações, matérias, históricos e projetos de mobilidade e transformação urbana, assim como a realização de visitas técnicas em empresas, concessionárias e instituições relacionadas à Mobilidade Urbana do RJ, cuja perspectiva é abordar temas mais diversos e estar inteirado no que há de vir nos serviços de transportes.


Mobilidade nas Ruas: Distrito de Santo Aleixo (Magé)

O Distrito de Santo Aleixo localiza-se no extremo norte do município de Magé, junto às divisas de Petrópolis e Guapimirim; distanciando-se n...

NOSSOS PARCEIROS