ANTT avalia trecho para implementação de trens turísticos entre Campos e São Fidélis

| Sem comentário
A secretaria de Desenvolvimento Econômico de Campos avança no entendimento com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e com a Ferrovia Centro Atlântica (FCA) para implementar o trem de passageiros, previsto para circular entre Guarus e a antiga Estação da Leopoldina, e também o trem de turismo, entre Campos e São Fidélis.

Ponte sobre o Rio Paraíba do Sul
De acordo com entendimentos entre a Prefeitura, o ministério dos Transportes e a FCA, a Prefeitura receberá duas composições (dois trens) com total de três locomotivas e seis carros de passageiros. Cada trem funcionará; com três vagões de passageiros e duas locomotivas, uma máquina tracionará na ida e a que estiver na calda tracionará no retorno. Os demais veículos ficam de reserva.

De acordo com entendimentos entre a prefeita Rosinha Garotinho e o ministério dos Transportes, diretores da ANTT e dirigentes da Ferrovia Centro Atlântica, a empresa, concessionária da ferrovia que suspendeu o transporte de cargas na região, tem a obrigação de manter a manutenção da via. Nessa reunião de trabalho avançamos neste entendimento da FCA para fazer os reparos para que o trecho possa ser utilizado com o trem de passageiros. Os reparos serão feitos. Após os serviços, a ferrovia passará pela inspeção definitiva da ANTT, que constará se a via estará segura para o transporte de passageiros, detalha Orlando Portugal.


Segundo o secretário, conforme entendimentos mantidos pela prefeita Rosinha Garotinho com o ministério dos Transportes e com a FCA, já foram trazidos para Campos duas locomotivas. Nos próximos dias estaremos trazendo seis vagões de passageiros e mais uma máquina, que ficará de reserva, para entrar em serviço sempre que uma das outras duas entrar em manutenção, pontua o secretário de Desenvolvimento Econômico.
Tags : , , , ,

Nenhum comentário:

Postar um comentário

[2][iconeI][style-1][LEIA TAMBÉM][As mais lidas até o momento]

Somos movidos pelo interesse de explorar os meios, modos e regras que integram o sistema de mobilidade urbana no Estado do Rio de Janeiro. O avanço tecnológico tem trazido mais dinamismo nas cidades, fazendo com que a população evolua e acompanhe esse avanço.

Buscamos obter informações, matérias, históricos e projetos de mobilidade e transformação urbana, assim como a realização de visitas técnicas em empresas, concessionárias e instituições relacionadas à Mobilidade Urbana do RJ, cuja perspectiva é abordar temas mais diversos e estar inteirado no que há de vir nos serviços de transportes.


Mobilidade nas Ruas: Distrito de Santo Aleixo (Magé)

O Distrito de Santo Aleixo localiza-se no extremo norte do município de Magé, junto às divisas de Petrópolis e Guapimirim; distanciando-se n...

Outras Matérias

NOSSOS PARCEIROS